Tratamento natural: dependência química

Girassol Mexicano

Tithonia diversifolia

Trata-se de uma planta arbustiva e forrageira, muito usada em cercas vivas,cujo diversos estudos apontam para o seu uso medicinal , e curiosamente como auxiliar no tratamento da dependência química.

Descrição : Planta da família das Asteraceae, também conhecida como mão de Deus, titônia , flor do Amazonas, boldo-japonês, titonia, margaridão amarelo.

É uma planta anual, arbustiva, semi-herbáceo, vigoroso, ereto, ramificado e depedendo da região anual, que atinge de dois a três metros de altura, com hastes lenhosas eretas e às vezes na forma de arbustos lenhosos.

As flores são de cor laranja.

No Brasil, pode ser encontrada ao longo de rodovias e em terrenos baldios, sendo considerada planta invasora, por seu porte arbustivo, tem um uso um pouco diferente de outras floríferas de jardim.

Ele é ideal para pequenas cercas-vivas, utilizada em diferentes países na alimentação de gado bovino, ovino e caprino, ou como complemento nutricional para os animais.

Utilizada: Folhas.

Origem : Ocorre da América Central até as índias ocidentais, tendo sido naturalizada nos trópicos.

Propriedades : Anti-inflamatória, antimalárica.

Indicações: Distúrbios hepáticos e gástricos, entorses, fraturas, hematomas, contusões e para o tratamento do diabetes.

No sul da China são usadas para tratar doenças de pele (como o pé de atleta ), suores noturnos , como um diurético , hepatite, icterícia e cistites .

Eles são vendidos em fitoterapia mercados em Taiwan a ser infundido para melhorar a função hepática. É a flor da província de Mae Hong Son Província , Tailândia . É o símbolo não oficial do Da Lat cidade, Vietnã .

Modo de usar: Infusão: 1 folha por xícara de água quente. Abafar por 10 minutos. Tomar após às refeições.

Girassol Mexicano

O Girasol Mexicano no Combate as Drogas :

O GIrasol Mexicano pode ser usado para atenuar a síndrome de abstinência a drogas psicotrópicas em dependentes químicos, como álcool e tabaco e outras.recomenda-se secar as folhas e triturá-las até se obter um pó, que deve ser peneirado e guardado em vidros ao abrigo da luz; colocar uma pequena pitada deste pó na ponta da língua nos momentos de maior vontade de usar as drogas das quais querem se livrar , até seis vezes ao dia.

Contra Indicações e Cuidados : Recentemente estudos toxicológicos em ratos revelaram que o uso oral e prolongado das folhas provocam lesões nos rins e no fígado, estes fatos mostram a necessidade de mais estudos sobre a toxicidade desta espécie.

Farmacologia : O extrato de folhas de Tithonia diversifolia apresentou atividade anti-edematogênica, analgésica e anti-inflamatória induzida por carragenina em camundongos, corroborando um de seus usos populares. O componente tagitinin C mostrou-se eficaz contra o Plasmodium falciparum, causador da malária, em um estudo in vitro. O extrato de lavagem glandular das folhas apresentou um potente efeito contra a Leishmania major, causadora de leishmaniose, devido a seus constituintes principais, as lactonas sesquiterpênicas.

Girassol Mexicano

Princípios Ativos :

Schuster et al. (1992) afirma que nove novos sesquiterpenos lactones foram isolados: oito germacranolideos e um eudesmanolideo elucidadas por método de espectroscópio.

Bordoloi et al. (1996) diz que um novo ácido artemísico foi isolado do caule e da raiz de Tithonia diversifolia.
Segundo Kuo et al. (1997) foi determinado, por método de espectroscópio, Diversifolo [4-alpha-hidroxi-4-beta-dimethil–7-beta (metil 1E-propenoate)-trans– decaninel] e um eudesname sesquiterpeno isolado de folhas de Tithonia diversifolia.

Pereira et al. (1997) identifica em Tithonia diversifolia dois novos heliangolideos em adição ao heliangolideo tagitinin F e 1,2-epoxitagitinin C, um conhecido guaianolideo e o flavone hispidulim.

Segundo Kuo et al. (1998) dois novos compostos, um germacrane sesquiterpeno, 1 acetiltagitinin A (1), e um guaianane sesquiterpeno, 8 beta- isobutiriloxicumambranolide (2), foram isolados de folhas de Tithonia diversifolia juntamente com dois compostos conhecidos metil 3 alpha-acetoxi-4alpha-hidroxi- 11(13)-eudesmem-12-oate e tagitinin A.

Kuo et al., (1999) identificou diversifolide (4, 15-dinor-3-hidroxi-1(5)- xanthen-12, 8-olide), um recente dinorxanthane sesquiterpeno e um novo chromone, 6-acetil–7–hidroxi-2,3-dimethilchromone, juntamente com quatro compostos conhecidos: 2-deacetil–11 beta, 13 – dihidroxixanthinin, 2-acetil-2,2 dimethilchromene, 6-acetil-7-hidroxi-2,2-dimethilcromene e 6-acetil-7-methoxi- 2,2 dimethilcromene foram isolados da raiz de Tithonia diversifolia.

Read more: http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/girassol-mexicano.html#ixzz3fzj8H2jV

Fonte: http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/girassol-mexicano.html

Conheça outras essências florais que podem auxiliar: http://www.floraisdasgerais.com/ecommerce_site/produto_11381_6213_3-Composto-Anti-fumo

Aumente sua libido e tenha mais vitalidade

Banner sexualidade

Promoção recicle e ganhe!

Promoção Recicle e Ganhe

As embalagens vazias serão encaminhadas as recicladoras, para transformação em matéria-prima e reaproveitamento em novos ciclos produtivos.

Adquira seus florais de acordo com sua necessidade: http://www.floraisdasgerais.com/ecommerce_site/categoria_214_6213_Formulas-de-florais-prontas-uso-pessoal

As sete emoções

Emoçoes

As sete emoções básicas relacionadas às funções orgânicas são a raiva, alegria, preocupação, pensamento obsessivo, tristeza, medo e choque (pavor). Apesar da conexão mente/corpo ter sido reconhecida relativamente há pouco tempo na medicina ocidental, a interação das emoções com o corpo físico é um aspecto essencial na Medicina Tradicional Chinesa.

Cada órgão corresponde a uma emoção e o desequilíbrio dessa emoção pode afetar a função do órgão. Por exemplo, a raiva prolongada pode levar a um desequilíbrio no fígado. Ao mesmo tempo, desequilíbrios no fígado podem produzir sintomas de raiva que geralmente levam a um ciclo auto-perpetuador.

Ao discutirmos o aspecto emocional do processo da doença, é importante lembrar que é normal sentirmos a gama completa das emoções. Uma fonte de desequilíbrio surge somente quando uma emoção em particular é vivenciada por um período prolongado de tempo ou com uma intensidade específica. Certamente é importante que uma pessoa com problemas emocionais sérios recorra à ajuda profissional de um psicoterapeuta. Mas, mesmo nesses casos, a terapia é mais eficaz quando o desequilíbrio do órgão correspondente é ajustado. A acupuntura é especialmente eficaz no tratamento de desordens emocionais. Mesmo quando ela não é completamente eficaz no tratamento de distúrbios físicos, quase sempre ela proporciona um estado de paz emocional.

Raiva

raiva está associada ao fígado. Por sua natureza, a raiva causa o aumento do qi, o que provoca rosto e olhos avermelhados, dores de cabeça (em inglês) e vertigens (em inglês). Isso coincide com o padrão de aumento do chamado fogo do fígado. A raiva também pode fazer o qi do fígado “atacar o baço”, produzindo falta de apetite, indigestão (em inglês) e diarréia (em inglês), geralmente isso ocorre com pessoas que discutem na mesa de refeições ou comem enquanto dirigem.

Numa visão mais a longo prazo, a raiva ou frustração reprimida normalmente causa a estagnação do qi e isso pode resultar em depressão (em inglês) ou desordens menstruais. É interessante notar que as pessoas que ingerem ervas para liberar o qi estagnado do fígado normalmente experimentam surtos de raiva quando a estagnação é liberada. A raiva passa quando o equilíbrio é restaurado. Da mesma forma, geralmente a raiva e a irritabilidade são os fatores determinantes no diagnóstico da estagnação do qi do fígado. Muitas pessoas ficam aliviadas ao saber que sua raiva tem um fundo fisiológico. É essencial evitar ingerir café durante o tratamento de desordens do fígado relacionadas à raiva, pois o café aquece o fígado e intensifica muita a condição desfavorável.

Equilibre suas emoções com os compostos para os 7 chakras:  http://www.floraisdasgerais.com/ecommerce_site/categoria_216_6213_Composto-dos-Chakras

Alegria

A emoção da alegria está ligada ao coração. Uma desordem relacionada à alegria pode parecer estranha, já que a maioria das pessoas deseja o máximo de alegria em suas vidas. As desordens dessa emoção não são causadas pela felicidade. O desequilíbrio surge quando entusiasmo ou estímulos excessivos ocorrem ou boas notícias súbitas chegam como um choque para o sistema.

Ao avaliar os níveis de estresse (em inglês), os psicólogos verificam todas as fontes de estresse: positivas e negativas. É claro que a morte de um cônjuge (em inglês) ou a perda de um emprego é uma fonte significante de estresse. Porém, um casamento (em inglês) ou promoção no emprego, ainda que seja uma ocasião feliz, também é uma fonte de estresse. Uma pessoa que está constantemente saindo, freqüentando festas e vivendo uma vida de excessos, pode acabar desenvolvendo desequilíbrios do coração como palpitações, ansiedade (em inglês) e insônia (em inglês). Uma pessoa com desequilíbrios no coração também pode demonstrar sintomas emocionais, já que o coração é o lar do espírito (shen). Uma pessoa com sérios distúrbios no shen do coração pode ser vista conversando alegremente consigo mesma e tendo surtos de gargalhadas.

Tal comportamento resulta da incapacidade do órgão do coração em proporcionar um local de descanso estável para o espírito. Esse tipo de desequilíbrio é tratado com acupuntura ao longo do meridiano do coração. Os tratamentos herbários consistem em fórmulas que nutrem o sangue do coração ou yin. Se o fogo do coração perturba o espírito, ervas que limpam o calor do coração são usadas.

Preocupação

A preocupação, uma emoção muito comum em nossa sociedade repleta de estresses, pode esgotar a energia do baço. Isso pode causar distúrbios digestivos e acabar levando à fadiga crônica (em inglês): um baço enfraquecido não pode transformar o alimento em qi de maneira eficaz e também os pulmões são incapazes de extrair o qi do ar eficientemente. Uma pessoa que se preocupa muito “transporta o peso do mundo sobre seus ombros”, e uma palavra que descreve muito bem como uma pessoa se sente quando o qi de seu baço está fraco é depressão. O tratamento inclui moxa e ervas que fortificam o baço, o que proporciona à pessoa energia para lidar com os problemas da vida em vez de vivenciá-los.

Pensamento obsessivo

Pensar excessivamente ou obsessivamente sobre um assunto também pode esgotar o baço, o que causa a sua estagnação. Uma pessoa com essa condição pode exibir sintomas como falta de apetite (em inglês), esquecimento de se alimentar, e inchaço após comer. Com o tempo, a pessoa pode desenvolver uma complexão pálida devido à deficiência de qi do baço. Eventualmente, isso pode afetar o coração, fazendo a pessoa sonhar com os mesmos assuntos à noite. Geralmente os estudantes são afetados por esse desequilíbrio. O tratamento padrão é usar ervas que tonifiquem o sangue do coração e o qi do baço.

Tristeza

A tristeza ou pesar afeta os pulmões, produzindo fatiga, falta de ar, choro ou depressão. O tratamento dessa condição envolve acupuntura para os pontos ao longo dos meridianos do pulmão e rim. Normalmente, fórmulas herbárias são usadas para tonificar o qi ou yin dos pulmões.

Medo

A emoção do medo está relacionada com os rins. Essa ligação pode ser prontamente percebida quando o medo extremo faz uma pessoa urinar incontrolavelmente. Nas crianças isso também se manifesta quando elas urinam na cama (em inglês), o que os psicólogos associaram com insegurança e ansiedade. A ansiedade prolongada devido às preocupações com o futuro pode esgotar o yin, yang e qi dos rins, o que pode eventualmente levar à fraqueza crônica. O tratamento envolve tonificar os rins com tônicos yin ou yang, dependendo dos sintomas particulares.

Choque

O choque é especialmente debilitante para os rins e o coração. A reação “lutar ou fugir” causa uma liberação excessiva de adrenalina das glândulas adrenais (em inglês) ou supra-renais, que se localizam sobre os rins. Isso faz o coração responder com palpitações, ansiedade e insônia. O estresse crônico oriundo do choque pode ser muito debilitante para o sistema inteiro, causando uma ampla gama de problemas. O choque severo pode ter um efeito duradouro sobre o shen do coração, como fica evidente em vítimas da síndrome do estresse pós-traumático (em inglês). O tratamento envolve psicoterapia, ervas que acalmam o espírito e nutrem o coração e rins, e tratamentos regulares de acupuntura.

Fonte: http://saude.hsw.uol.com.br/medicina-chinesa-causas-das-doencas6.htm

Equilibre suas emoções com os compostos para os 7 chakras: http://www.floraisdasgerais.com/ecommerce_site/categoria_216_6213_Composto-dos-Chakras

 

Tabaco: a essência floral no combate ao vício do cigarro!

Tabaco

Desta flor extraímos a essência floral  Tabaco  (Nicotiana tabacum): para personalidades que são aventureiras; impetuosas; porém desordenadas e descuidadas e que estão sempre procurando um desafio que exija coragem física; propensão a acidentes físicos; agitação psicomotora infantil. Este tipo de pessoa pode desenvolver o vício do cigarro, devido à ansiedade. Os florais como nos proporciona o equilíbrio, preparamos

a partir desta flor o  Composto nùmero 3 – Anti-fumo: Auxiliar na limpeza e desintoxicação do organismo e na diminuição da ansiedade que leva ao uso de produtos tóxicos, como o cigarro. (Tabaco, Corriola, Brinco-de-princesa, Macieira, Artemisia, Erva-baleeira, Beijo e Calêndula).

Compre aqui: http://www.floraisdasgerais.com/ecommerce_site/produto_11381_6213_3-Composto-Anti-fumo

As árvores simbolizam a primavera, espetáculo de luz, cores e muita beleza. Mas e a eco- inconsciência”?!

ARVORE

Edgard Rocha Filho
     
São Paulo, setembro de 1.999 –
SETEMBRO é o mês em que se comemora a chegada da PRIMAVERA. E é o mês das ÁRVORES, sendo o seu dia o 22 de setembro. A ÁRVORE merece festa, apoio, carinho, tratamento como se dá a uma mãe. Pelos filhos bem-aventurados, é claro…

Porque nem todos podem ser considerados assim. Existe o que denominamos de uma “inconsciência ecológica” em muitas pessoas. O que muita gente faz é comportamento de ser não pensante, de inconsciência no pior sentido… Aquela eco/alienação maldosa, cruel, de querer destruir tudo o que está à sua volta, de deixar apenas a areia, o cimento, o concreto. E pior é que isso não acontece com os incultos, com os sem diploma, com os sem instrução. Nada disso. Acontece também com os letrados, com os doutores, com os donos do poder econômico. Diríamos que essa inconsciência é bem rasteira, do tipo que derruba árvores porque as folhas podem sujar a piscina, quando no verão… Ou porque as árvores derrubam folhas muito pequenininhas, “difíceis de limpar”… Ou porque atrapalham a entrada do carro na garagem… Argumentos que as secretarias estaduais e municipais, órgãos ambientais, enfim, estão acostumados a ouvir, no quotidiano de todos os dias. Mas há aqueles que as defendem, que brigam se houver maus tratos!… Que fique testemunhada a revolta da população com os serviços prestados pelas concessionárias de energia elétrica, que a pretexto de “liberação da fiação”, acabam destruindo o pouco que resta da arborização urbana nas cidades. 

E não adianta argumentos técnico-científicos, no sentido de esclarecer que a árvore é absolutamente indispensável ao equilíbrio da vida natural do planeta, dos ecossistemas, enfim imprescindível para a nossa sobrevivência. É incrível como esses argumentos entram nos ouvidos de muitos como se fosse sermão de padre ou de pastor, conselho de pais, entra por um ouvido sai por outro, não penetra no raciocínio, na reflexão, na maturidade dessas pessoas, não as acordam para a necessidade de preservação… 

Mas vamos sempre repetir, sempre falar, sempre gritar… É preciso que assim seja ou não teremos resultados com a urgência que o mundo necessita. Vamos lembrar, caros leitores e aprender sempre e reaprendendo quantas vezes necessário for: o homem, como as plantas e os animais, é um ser vivo e a vida tem sua base em determinada reação química – a fotossíntese – somente processada em organismos vegetais. Assim, toda a energia que anima o vôo das aves, o nadar dos peixes, a veloz corrida dos herbívoros, o salto mortífero dos carnívoros, as contrações da mão humana e as pulsações do cérebro, repousam na energia solar, captada pelas plantas verdes, seja nas atuais, seja no acervo do passado conservado sob a forma de energia fóssil do carvão e do petróleo. 

As árvores são plantas lenhosas, mais altas que os arbustos, com caules lineares e verticais que se desenvolvem para formar troncos, que passam a sustentar galhos e folhas, que formam as copas. Podem viver até centenas de anos. Nas florestas, as árvores exercem importante papel. São responsáveis pela sobrevivência de ecossistemas complexos, realizam a fotossíntese e transformam o gás carbônico em oxigênio, fatores imprescindíveis à vida. 

E nas cidades, o que fazem as árvores? Elas purificam o ar pela fixação em suas folhas da poeira que a chuva conduz para o solo; proporcionam sombra e conforto térmico; reduzem a velocidade do vento; conservam a umidade do solo e do ar e influem no balanço hídrico, favorecendo a infiltração da água no solo; amortecem os ruídos; abrigam e alimentam a fauna, equilibrando cadeias alimentares e diminuindo pragas; embelezam a paisagem. 

Árvores integrantes de culturas e de povos distantes foram incorporadas aos costumes e às paisagens do Brasil. Espécies frutíferas e ornamentais de diversas origens encontram-se em pomares, na arborização urbana, nos parques e nos jardins, como a mangueira, a jaca, várias figueiras da Índia – entre elas a falsa-seringueira -, o flamboyant de Madagascar, e os eucaliptos e pinus cultivados em áreas de reflorestamento homogêneo para fim industrial. 

A árvore é um dos mais fortes símbolos das diversas culturas da humanidade, ela representa a vida em constante evolução, a ascensão ao Paraíso, a união dos elementos, a ligação entre os três níveis do COSMO (-subsolo/subterrâneo/inferno-,- solo/superfície/Terra -, – atmosfera/céu/Paraíso) e o eixo do mundo, em torno do qual o Universo está organizado. 

ÁRVORE-MÃE

A imagem da Árvore-Mãe, freqüente em inúmeras culturas, tem significado duplo. Em primeiro nível simboliza a Mãe Terra, princípio feminino que alimenta a vida; em nível mais profundo, representa a energia vital e invisível que repousa no seio da Terra e é fecundada pela energia masculina do vento, da chuva e do Sol. Na pré-história as árvores eram adoradas como divindades e algumas vezes consideradas a personificação de poderes naturais malignos como os trovões, os raios e as tempestades. 

Se apaziguadas pela adoração, as árvores divinas garantiriam fertilidade aos homens e aos animais, abundância nas colheitas, sucesso no comércio e nas guerras. 

Com o crescimento do Cristianismo, os ritos de adoração diminuíram. As árvores passaram a ser utilizadas como um suprimento na alimentação, como combustível, na construção de cidades e de embarcações, na fabricação de implementos agrícolas, e matéria-prima para suprir as necessidades diárias. 

A partir do início deste século, algumas espécies de árvores começaram a desaparecer. Apesar da existência de leis de proteção ambiental, ainda não foi possível impedir a redução das espécies florestais no mundo inteiro. Hoje sabemos o quanto é necessário preservar os ecossistemas naturais e começar a recuperar os já desfeitos. Mas ainda não podemos nos alegrar: a luta para manter o equilíbrio ambiental é incessante. 

O que a árvore faz à mãe-natureza, a sua importância no equilíbrio da vida e do planeta ainda não está na consciência de todos os cidadãos. Infelizmente. É preciso que essa consciência seja adquirida sem o sacrifício de enfrentarmos num futuro próximo a completa desertificação do mundo. Mas é preciso que façamos todos os dias um pouco. E que fiquemos ao lado dela (a árvore) e lutemos por sua preservação, de todas as formas possíveis. E que façamos nascer novas árvores, ajudando-as a crescer. Com isso estamos fazendo um grande auxílio ao mundo, a nós mesmos e às futuras gerações. Façamos festas à Primavera e meditemos firmemente que a ÁRVORE é essencial à vida e que é dela que os seres que habitam a Terra tiram o alimento, a morada, as substâncias químicas, a proteção dos mananciais, a preservação do solo e a sombra. 

ÁRVORE DA VIDA

 

Vivia no Jardim do Éden, tinha por seiva o orvalho celeste e simbolizava a harmonia perfeita. Trazia em seus galhos doze frutos como representação das recompensas do desenvolvimento espiritual, entre as quais a sabedoria, o amor, a verdade e a beleza. Defendidos com cuidado, esses frutos eram as manifestações do Sol e conferiam imortalidade àqueles que os consumissem.

ÁRVORE-PAI
 
Potente símbolo da fecundidade, essa árvore representa a energia masculina que impregna e vivifica a Terra, submetida ao ciclo eterno da morte e do renascimento. Algumas vezes chamada de Homem-Verde, esta figura é relativamente freqüente nas culturas ocidentais, onde assume múltiplas aparências, como Pan, o deus grego. 

ÁRVORE DO CONHECIMENTO

No Jardim do Éden a Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal era um símbolo da dualidade. Depois de sucumbir à tentação de comer o fruto da árvore, Adão e Eva foram rechaçados por Deus e expulsos do Paraíso. A serpente, enrolada ao redor do seu tronco, e que representa a Tentação, também é um símbolo muito antigo da energia vital.

(Edgard Rocha Filho é advogado e ambientalista).

 

Os animais merecem estar bem! Florais para Animais!

FLORAIS PARA ANIMAIS

Download do catálogo em PDF: http://www.floraisdasgerais.com.br/pdf/floraisanimais.pdf

Composto pet 1: ANSIEDADE / AGRESSIVIDADE: Tendência à inflamação, ansiedade, agressividade, auto-mutilação, arrancam pelos e penas, querem ser o centro das atenções (marcadores compulsivos por território). Disciplina depende da calma. Este composto traz serenidade, paciência e tranqüilidade. Composto pet floral: Sabugueiro, Sensitiva, Brinco-de-princesa, Beijo, Gervão, Erva-baleeira, Coari, Dente-de-leão, Tabaco, Girassol, Calêndula, Gabirobeira. 

 Composto pet 2 MEDOS/ CIÚMES: Tendência a medos, pânico, apegos ao dono,  ciúmes e dependência. Não gostam de ficar só, choro, sonolência e tristeza. Disciplina depende da proteção. Este composto traz segurança, agilidade e coragem. Composto pet floral: Sensitiva, Madressilva, Maracujá, Beijo, Camélia, Milefólio, Guiné, Cosmos, Jasmim, Alfazema, Chicória, Erva-de-santa-luzia.

 Composto pet 3: ESTRESSE/INDISCIPLINA: Tendência a alergias respiratórias, latir com frequência (fazem barulho), estresse, perda de apetite.Disciplina depende da concentração.Este composto traz limite, concentração e firmeza. Composto pet floral: Figueira, Bela-emília, Anil, Vinca-pervinca, Tanchagem, Arruda, Camará, Cipó-de-são-joão, Eucalipto, Silena, Manjerona

 Composto pet 4: LAMBEDURA /COPROFAGIA: Tendência a compulsão alimentar, obesidade, coprofagia (comem as fezes), não gostam de mudança, lambedura (manias), alergias na pele. Disciplina depende da estabilidade. Este composto traz flexibilidade, adaptação e aceitação. Composto pet floral: Bolsa-de-pastor, Bonina, Camomila, Cipó-mil-homens, Funcho, Milefólio, Macieira, Lobeira, Rosa Canina, Quebra-pedra , Serralha, Moças-e-velhas.

 Composto pet 5: RESGATE /TRISTEZA: Animais que passaram pela maternidade, estão no cio, foram castrados, estão em recuperação pós-cirurgias, adaptação ao novo ambiente, perda do dono, fraquezas,choques, acidentes, dores, sustos, desmaios, comportamento em crise. Bem estar depende do equilíbrio geral do animal. Este composto traz proteção e resgata a saúde integral.Composto pet floral:  Alecrim, Aleluia-amarela, Arnica-mineira, Artemisia, Beijo, Cosmos, Cravo-de-defunto, Manjerona, Sabugueiro, Não-me-esqueças, Borragem.

Adquira os compostos em nossa loja virtual: http://www.floraisdasgerais.com/ecommerce_site/categoria_5260_6213_Florais-para-Animais

 Os animais

Olhe no fundo dos olhos de um animal e, por um momento, troque de lugar com ele. A vida dele se tornará tão preciosa quanto a sua, você se tornará tão vunerável quanto ele. Agora sorria se você acredita que todos os animais merecem nosso respeito e nossa proteção, pois em determinado ponto eles são nós e nós somos eles” (Philip Ochoa)

Aconselhamos que os cuidadores dos animais também  façam uso das fórmulas florais, pois o equilíbrio do donoreflete diretamente no bem estar dos animais.

Os florais são “remédios” produzidos a partir de flores silvestres e consistem em um método simples e natural de cura. Eles agem sobre o estado emocional das pessoas e dos animais e não somente sobre a doença física. 

Os florais agem trazendo a harmonia e o equilíbrio da mente com o corpo, reagindo contra os estados de ânimo negativos: impaciência, medo, raiva, insegurança, desânimo, depressão, entre outros. Desequilíbrios que podem se manifestar em doenças como ansiedade, agressividade, medos, nervosismo,  obesidade,  alergias, desânimo, depressão, dificuldades de disciplina, e etc. Eles dissolvem os padrões negativos e acentuam as qualidades positivas. 

O tratamento floral é recomendado nos primeiros instantes de vida do seu animalzinho. Pode ser usado por tempo ilimitado, conforme a necessidade. Os florais são complementos alimentares e não legalmente considerados medicamentos. 

Alguma contra-indicação?

Não possui efeito colateral, nem contra-indicações, pode ser usado como complemento de qualquer outro método de tratamento, mesmo se o animal faz uso de remédios químicos ou homeopáticos. Pode ser usado por qualquer animal de qualquer idade ou raça em fase de gestação também para os recém nascidos, não substitui o tratamento médico veterinário, mas o auxilia sendo de acordo com a Organização

Mundial de Saúde (OMS) uma terapia recomendável e eficaz!

Duração do Tratamento: no mínimo 3 meses: que equivale de a 3 a 4 frascos de florais manipulados (30ml). Composição: solução conservante brandy e álcool de cereais ,extratos vegetais e essências de flores.

Como tomar os florais?

Modo de usar: em cada troca de água, colocar no bebedouro e a cada meio litro de água (500ml) 7 gotas para animais de pequeno porte como pássaros, roedores e gatos, 14 gotas para animais de médio porte como cães (caprinos e suínos) e 30 gotas para animais de grande porte (bovinos e eqüinos) 

O uso também pode ser diretamente na boca do animal, 4 gotas 4 vezes ao dia, com o cuidado de não deixar o conta-gotas encostar na boca.

Girassol, Sol, Leão, Rei, vem ao mundo o bebê real!

Quem já assistiu o filme rei leão, pode entender que na natureza quem é o rei é o Leão. E na linguagem astrológica associamos quem nasce sob o sol em Leão, esta mesma conotação. São personalidades que buscam no decorrer da vida o desenvolvimento da identidade, do valor próprio, do brilho, do destaque, da grandeza, da generosidade, do amor próprio! Na infância necessitam tanto desta valorização, que chamam a atenção por natureza, são literalmente o centro da atenções, pois por onde passam o brilho se destaca, seja na fala, nos gestos, nas demonstrações dramáticas das emoções. É o “eu sou” que está sendo trabalhado na criança.

Como o leãozinho que nasce, e a floresta inteira vai saudá-lo. Assim como o sol, os nascidos sob o sol em Leão, ganham de presente este brilho nato como um traço de realeza.

Os nascidos sob o sol em Leão que ainda não manifestam esta força interior, vieram nesta vida para aprenderem a desenvolvê-la. Assim acompanhamos na mídia este mito sendo comprovado pelo nascimento do bebê real. Nascido com o Sol a 0 graus de Leão, e sendo recebido com toda a magnitude de um herdeiro do trono.

Conseguem assim fazer a relação Leão=Rei= filho do príncipe= futuro Rei?

Assistam ao vídeo do filme o Rei Leão e façam a comparação o que representa a chegada deste bebê.

 

Um nascimento predestinado a uma alma que veio para cumprir seu papel de Rei. A natureza é perfeita no cumprimento do destino da humanidade. 

“Ele será preparado para sentar em um dos mais antigos tronos hereditários do mundo, para ocupar um cargo cujos escolhidos para preenchê-lo nascem a cada 30 anos ou mais, como foi o caso do príncipe Charles, em 1948, de William, em 1982”. Fonte: http://noticias.br.msn.com/mundo/o-que-o-futuro-reserva-para-o-beb%c3%aa-real-1.

Assim como os reis magos foram seguir a estrela e chegaram até Jesus,pois sabiam que havia nascido o Rei dos Judeus. O nascimento do bebê real segue a semelhança. Tantas pessoas acompanhando pelo mundo e saudando um acontecimento único e atual. Que o bebê real cumpra seu destino, siga a sua evolução. Futuramente, a nova geração irá vê-lo subir ao trono e exercer sua Majestade.

Se você nasceu sob o Sol em Leão, acredite na sua força, no seu brilho, no seu dom da “Realeza”, sem perder a humildade.  O mundo precisa de sua liderança, da sua alegria, da sua presença, onde quer que esteja, assim como precisamos do sol a cada dia!

Conheça os benefícios da essência floral do Girassol, que trabalha a falta da auto-estima e ajuda no despertar deste brilho interior:

Compre aqui: http://www.floraisdasgerais.com/ecommerce_site/produto_7725_6213_Essencia-Floral-Avulsa-GIRASSOL-Helianthus-annuus

Moda dos anos 90, florais voltam à cena com novos terapeutas, adeptos e produtos

O tratamento consiste em pingar as gotinhas debaixo da língua de três a quatro vezes por dia Foto: Daniela Dacorso / Agência O Globo

O tratamento consiste em pingar as gotinhas debaixo da língua de três a quatro vezes por dia.

RIO – Nos anos 90, era cena corriqueira: a qualquer momento, alguém sacava um vidrinho com conta-gotas da bolsa, abria a boca e pingava debaixo da língua o líquido de cheiro levemente puxado para o álcool. No pote, apareciam nomes enigmáticos: Rescue, Rock Rose, Impatiens, Clematis… Todos de florais que prometiam atuar no estado emocional da pessoa, promovendo bem-estar ao equilibrar temperamentos e características como impaciência, tendência ao pânico, falta de concentração etc. A terapia nunca saiu totalmente de cena, mas a modinha foi embora faz tempo. Pelo menos até agora, quando passa por um grande revival.

 

Seja entre celebridades que têm aparecido em revistas fazendo reverência aos florais (como Kristen Stewart e Gwyneth Paltrow); nos consultórios que recebem mais interessados (das mais diversas áreas); nos lançamentos de produtos (o famoso Rescue, para acalmar, virou uma linha com chicletes, pastilhas e sprays), eles estão de volta. Recentemente, a cantora Tulipa Ruiz se declarou fã durante um show.

— Eu me sinto segura tomando florais — confessou. — Tenho medo de avião, sou muito nostálgica… O floral de Bach, de algum modo, me faz lidar com essas coisas mais tranquilamente.

— Eu acho que a busca pela qualidade de vida está em alta — argumenta o alquimista André Gabriel, que há seis meses vem de São Paulo uma vez por mês para atender no Nirvana, na Gávea. — Estou vendo as pessoas querendo mudar de vida e se conhecer melhor.

Engenheiro químico, André virou estudioso do tema há cinco anos e passou a trabalhar com o terapeuta Joel Aleixo, que criou um sistema próprio de florais, diferente do original do médico Edward Bach, dos anos 30. Desde o início de 2013, os vidrinhos de Joel viraram o produto mais vendido da loja da academia de ioga da Gávea. Na consulta de uma hora, André conversa, analisa e faz uma espécie de mapa astral antes de chegar ao mix de essências ideal para cada um.

O ator Marcelo Serrado conheceu a terapia no Nirvana em janeiro e investiu em três frascos, dos quais toma quatro gotas de cada, três vezes ao dia.

— Tenho me sentido mais calmo, menos ansioso e até a frequente dor de garganta foi embora — elogia.

Uma seleta clientela, incluindo-se aí executivos da Vale e do BNDES, também tem frequentado a Gávea, mas num outro ponto, atrás de florais. Na salinha lilás dentro da charmosa Vila 90, este grupo vai encontrar a ex-empresária e atual terapeuta Cinthia Mendes, conhecida como Rajhy (nome que recebeu na Índia em 1986). Cinthia desenvolveu um método próprio, mesclando cartas da terapia aura-soma e florais:

— As cartas ajudam a fazer um raio X daquela pessoa. E, no fim, ela mesma escolhe seus florais. A energia faz com que ela faça a combinação mais adequada para ela

Fonte: http://ela.oglobo.globo.com/beleza/bem-estar/moda-dos-anos-90-florais-voltam-cena-com-novos-terapeutas-adeptos-produtos-8704350

Cresce o consumo de florais no Brasil!

Brasileiros usam mais florais

Fonte: Jornal Correio do Povo – 13/05/2013

Adquira aqui sua fórmula de florais:

http://www.floraisdasgerais.com/ecommerce_site/categoria_207-214-3570_6213_Produtos-Florais-das-Gerais-Compostos-Funcionais-por-numero

%d blogueiros gostam disto: