Essência floral Camélia: suavizando sua forma de amar


“Ainda que eu falasse a língua dos homens e falasse

a língua dos anjos, sem amor eu nada seria…”

Camões

 

Existem vários tipos de amor: o amor de mãe, o amor de filho, o amor de pai, de irmão, de amante. Todos eles se manifestam em diferentes formas de sentimentos, mas é o amor.  Aquele sentimento que nos pega de surpresa e invade nosso coração. Será o amor?  Pela real descrição, o amor verdadeiro, sabe ser paciente, doa e não exige nada em troca, transmite segurança, não conhece o que é o ciúme, não sente inveja, nem se envaidece. O amor é a chama que nos impulsiona a viver, é o sentimento  que colore nossa  vida.

Se interiorizamos ódio, inveja, ciúme, ganância, desconfiança, sentimentos de vingança, malícias, amarguras, raivas e agressividade, onde é que se encontra esse amor? Estamos negando o pedido de Cristo: “amai-vos uns aos outros como a ti mesmo”. Mas se a pessoa não ama ela mesma, quem dirá a seu próximo?

O amor é o sentimento mais nobre do ser humano, talvez seja por isso tão difícil decifrá-lo, não possui limites para uma descrição, pois não faz parte do campo da racionalidade.

Todos possuímos uma “pitada” deste amor, cada qual a sua maneira. Cabe a nós, saber usá-lo de maneira positiva. A partir daí tudo se contagia. Tudo  ao nosso redor  passa  a se tornar  belo . Se quisermos receber amor é preciso que se doe amor.

As Camélias são grandes arbustos sempre verdes. A planta tem um crescimento lento e muito solene e suas flores brancas se escurecem facilmente quando tocadas pela mão, refletindo assim o desamor instalado no coração humano.

A essência floral Camélia é indicada para aquelas pessoas que são invadidas pelo desamor, ajudando a despertar a vontade de amar em cada indivíduo, independente de sua condição, trazendo a compreensão de que cada um tem dentro de si um reservatório infinito de amor, que necessita ser compartilhado.

Héllen A. Carvalho-Terapeuta Floral


Florais das Gerais – Essências florais Minas Gerais – Brasil



%d blogueiros gostam disto: